NR 35 TRABALHO E RESGATE EM ALTURA

NR 35 TRABALHO E RESGATE EM ALTURA

CARGA HORARIA: 8 HORAS

Exigência legal conforme a norma:

35.3.3 O empregador deve realizar treinamento periódico bienal e sempre que ocorrer quaisquer das

seguintes situações:

a) mudança nos procedimentos, condições ou operações de trabalho;

b) evento que indique a necessidade de novo treinamento;

c) retorno de afastamento ao trabalho por período superior a noventa dias;

d) mudança de empresa.

INTERPRETAÇÃO DA NORMA:

Dúvidas frequentes: 

Quem precisa fazer o curso de NR 35 Trabalho e resgate em altura?

Todos os trabalhadores que executarem trabalhos acima de 2 metros de altura, ou estiver 3 metros próximos a um vão livre com risco de queda.

Este curso tem por finalidade resguardar a vida, a integridade física do trabalhador e a de terceiros determinando diretrizes de segurança nos trabalhos em altura.

Carga horária mínima de 8 horas este curso tem validade de 2 anos, sendo que a necessidade de renovação se o colaborador mudar de empresa ou se afastar por mais de 90 dias de suas atividades laborais.

Quem pode ministrar este treinamento?

Os instrutores devem possuir proficiência comprovada na área, no caso conforme exigência legal do ministério publico/CEREST possuir curso de acesso por cordas nível 1 sistema ABENDI ou ANEAC.

O conteúdo programático é um detalhamento de procedimentos de segurança para trabalho e resgate em altura com aula teórica e pratica.

Conteúdo programático

LEGISLAÇÃO

Obrigações de empregados e empregadores, obrigatoriedade de uso dos EPI´s NR6, exames complementares NR7, NR 18, NR 35, nomas e procedimentos de trabalho ordem de serviço NR 1, AR.

Risco de acidentes; uso correto dos equipamentos de segurança individual e coletivos, inspeção e conhecimento dos materiais; sinalização nas operações; atitudes seguras e inseguras; uso de EPI`s, formas de ancoragem, fator de queda, nós e amarrações, treinamento pratico, montagem e desmontagem de andaimes; uso de cinto de segurança tipo paraquedista; formas de ancoragem, NOÇÕES DE RESGATE E TRABALHO EM ALTURA

Normas de segurança na operação; praticas de técnicas de alpinismo nas diversas situações rotineiras dos funcionários (uso de cinto de segurança, cadeiras suspensas, andaimes.... ); demonstração da utilização correta dos EPI`s; vivencias praticas, plano de emergência; segurança no local; etapas de atendimento; resgate em equipe; méis de remoção; padronização dos procedimentos; remoção e transporte; sistemas de decida; sistemas de tracionamento; treinamento 

 

Tenho interesse nesse treinamento